Tratamento Anti-Pó (T.A.P.)

GENERALIDADES:

Os serviços de pavimentação asfáltica denominados de tratamento anti-pó (TAP)  ou tratamento contra-pó (TCP), compreende como principal característica o baixo custo de sua execução, e o emprego de equipamentos convencionais dos tratamentos superficiais.

Tem como objetivo, o melhor desempenho da camada de rolamento em relação às de revestimento primário, pela eliminação da poeira ou da lama, com comportamento anti-derrapante, conforto e segurança do trânsito, proporcionando economia de tempo de viagem e redução de gastos de combustível dos veículos.

A tecnologia do tratamento anti-pó é empregada geralmente por órgãos rodoviários estaduais beneficiando rodovias de características das vicinais e por prefeituras na pavimentação de ruas de bairros.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PAVIMENTO TAP (ESTRUTURA):

Uma base construída com materiais adequados (solos, etc..) em espessuras de 15 à 20 cm, compactada, deverá ser imprimada, para proporcionar coesividade superficial e impermeabilização, sendo empregado o asfalto diluído tipo CM-30 à razão de 1,0  à 1,2 litros/m², seguido de período de cura (36 horas) sem a incidência de chuva sobre o serviço realizado. É importante destacar que a base construída, deve apresentar declividade mínima (eixo da pista/bordas) de 4,0%, para proporcionar rápida drenagem superficial das água de chuva.

O REVESTIMENTO ASFÁLTICO TAP E MATERIAIS:

Executado pela técnica de espargimento do ligante asfáltico, que por penetração invertida agrega materiais miúdos (naturais ou britados), sendo recomendada a execução em duas camadas.

Os materiais (agregados) miúdos compreendem as areias de rio ou de jazida natural de granulometrias média (2mm) ou grossa (4mm) e os britados (pó-de-pedra) de 4mm. Caso as areias apresentem seixos graúdos as mesmas deverão ser peneiradas em malha 1’/8” (6mm).

O ligante asfáltico indicado para o serviço é a Emulsão Asfáltica RM 1C TAP, para aplicação à temperatura ambiente, ou na temperatura de chagada no canteiro de obras.

(Características técnicas RM1C-TAP: vide ficha técnica nº 008)

TAXAS DE APLICAÇÃO/SEQUÊNCIA OPERACIONAL:

- base compactada, imprimada, asfalto CM-30 :                             1,0 - 1,2 kg/m²

- período de cura:                                                                             36 horas

- 1ª camada de revestimento TAP: Emulsão RM 1C TAP :             1,2 kg/m²

- agregado miúdo/imediato: areias ou pó-de-pedra:                        10 – 12 kg/m²

- regularização do agregado:                                                            vassouramento

- compactação/rolagem,equipamentos:                                            pneus ou liso

- abertura ao tráfego:                                                                         imediato

- varredura do excesso de agregados;                                              > 1(uma) semana

- execução da 2ª camada:                                                                 idêntica à anterior.

RESULTADOS:

O revestimento TAP, delgado flexível implantado com dupla camada,, apresenta espessura (por camada) de 3 à 4mm, impermeabilizante, com vida útil estimada de 3 à 4 anos, sendo necessária a sua manutenção para a preservação de suas características, com serviços de tapa-buracos e posteriormente à execução de melhoramentos do pavimento, com a aplicação da 3ª camada.

Nome
E-mail

Mapa de Atuação

Nossa Localização


Rodovia BA 522 - Km 01 - Distrito Industrial - CEP 43.813-300 - Candeias/BA Tel.: 71 3118-2100 | Fax.: 71 3602-3161
2012 - 2014. Brasquimica. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo Multimídia | Agência Digital